Fake News: saiba como as detectar

Fake News: saiba como as detectar

Categoria : Geral Visitas: 1070 Tempo de Leitura: 5 Minutos

Não há dúvidas de que a internet hoje em dia se divide muito entre o que são notícias reais, com origem fidedigna, e o que são as notícias falsas – as chamadas fake news. Neste artigo, vamos ajudá-lo a distinguir este tipo de conteúdo.

O problema das fake news é particularmente perigoso nas redes sociais, onde fica cada vez mais difícil distinguir entre o que é a realidade e o que é a ficção. Em todo o mundo, partidos políticos aproveitam-se desta possibilidade para se distanciarem da concorrência – mas as áreas atingidas por este fenómeno não se cingem apenas à política.

Desinformação e propaganda pululam online atualmente, e continuam a espalhar-se a nível global. E o pior é que agora, além das notícias falsas, ainda surgiu um novo fenómeno na internet: os vídeos deepfake, em que imagens e sons são manipulados de forma altamente sofisticada, fazendo com que determinada pessoa seja vista a dizer algo que não corresponde à realidade.

Então, como saber se determinado conteúdo é verdadeiro ou se foi manipulado?

1 – Verifique sempre a origem

Só deve acreditar em notícias veiculadas por órgãos de comunicação social verificados e reconhecidos. Se se deparar com uma notícia oriunda de um site estranho e se, depois de pesquisar, não encontrar esse conteúdo em mais lado nenhum, o mais provável é estar perante fake news.

Rejeitar as notícias falsas melhora o ambiente online

Normalmente, as notícias verdadeiras podem ser encontradas nos sites e páginas dos principais meios de comunicação social. Em Portugal, existem vários sites já referenciados como sendo distribuidores de notícias falsas: Semanarioextra, Jornaldiario, Noticiario.com e Magazinelusa, entre muitos outros.

2 – Fotos e textos sensacionalistas

Se por acaso se deparar com títulos altamente sensacionalistas e fotografias muitas vezes tiradas do contexto, convém desconfiar. Pesquise sobre o tema e tente informar-se mais para ter a certeza, mas é quase certo que se trata de uma notícia inventada.

A história do relógio de luxo de Catarina Martins, coordenadora do Bloco de Esquerda, divulgada pelo site Direita Política, é um bom exemplo disso mesmo. A “fórmula” parece ser simples: usar uma foto ou montagem, colocar uma legenda sensacionalista em letras garrafais e esperar que o público a torne viral.

Claro que também deve ter em conta as suas próprias crenças, tendências políticas ou gostos, pois tal pode condicionar a forma como vê e analisa o conteúdo que encontra online. Nem sempre é fácil concordar com uma notícia, e hoje em dia muitos “factos” podem ser apenas uma questão de perspetiva.

3 – Os meios de comunicação também erram

Saber que até mesmo os órgãos de comunicação social de referência podem errar também é importante. As redações estão cada vez mais pequenas e confirmar os dados mais que uma vez torna-se uma missão praticamente impossível. Mesmo os melhores erram de vez em quando!

4 – Entender a publicidade e o algoritmo

Tenha sempre isto em mente: as plataformas de social media e muitos websites ganham dinheiro através de publicidade. Por isso mesmo, sempre que você clica ou pesquisa algo sobre um assunto, o mais certo é passar a receber publicidade e a encontrar mais conteúdo relacionado com esse tema. Sim, mesmo que esse conteúdo venha de sites que não são fidedignos.

Os factos devem ser distinguidos das notícias falsas

Daí a necessidade de redobrar a atenção! Algumas plataformas, no entanto, já começaram a fazer um bom trabalho no que diz respeito ao fact checking. No Facebook e no Twitter, por exemplo, já é possível encontrar artigos verificados ou outros censurados por serem falsos.

5 – Considere a imparcialidade dos seus amigos

Mesmo os melhores amigos não concordam sempre em todos os tópicos – tal como nós não concordamos sempre com o que diz o presidente do nosso clube de futebol ou o representante do nosso partido político. Muitas vezes, porém, sentimos que, se algo é partilhado por um amigo ou familiar, é porque é verdade. Mas isto não é sempre verdade.

Só porque alguém faz uma afirmação, não quer dizer que a mesma seja verdadeira. Também não significa necessariamente que a pessoa esteja a mentir – pode ter sido só induzida em erro. É por isso que lhe cabe a si filtrar essa informação que todos os dias lhe chega e avaliar a veracidade da mesma, considerando sempre, claro, a imparcialidade da fonte.

Esse esforço valerá a pena, pois desse modo estará sempre na posse de informação verídica e com capacidade para tirar as suas próprias conclusões sobre determinado assunto. Por isso, pesquise muito e em muitos sites diferentes, analise pontos de vista contrários. Só assim poderá desenvolver a sua própria opinião.

6 – As fontes de informação devem ser escrutinadas

Só porque alguém aparece muitas vezes no seu feed a falar sobre determinado assunto, tal não significa que essa pessoa seja especialista na matéria, que não tenha interesses ocultos e que essa informação seja verdade. Não tenha qualquer problema em adotar uma posição cética em relação ao que vê na internet. Essa é a melhor forma de se manter bem informado.

Procure sempre saber mais sobre essa pessoa. Pesquise o seu nome, o percurso profissional, as redes sociais se for necessário. Hoje, mais do que nunca, interessa saber porque é que determinada pessoa fala de determinada forma sobre determinado assunto. Principalmente no que diz respeito às redes sociais, é fundamental não ler apenas um ponto de vista ou basear-se apenas numa fonte de informação.

7 – A pandemia e a parcialidade

Vivemos tempos difíceis, em parte devido à crise económica e também pelo confinamento a que estivemos – e ainda estamos – sujeitos. Tal é suficiente para deixar algumas pessoas um pouco perdidas; além disso, nunca se passou tanto tempo em frente aos ecrãs dos computadores e dos telemóveis, principalmente nas redes sociais.

As tensões sociais agravam-se, as rivalidades geopolíticas crescem e este é um território fértil para as fake news. Já assistimos, até, a grupos fazerem-se passar por grupos rivais para provocar incidentes e descredibilizá-los. Cabe então a cada um de nós conseguir identificar falsas narrativas e artigos – podendo sempre recorrer a plataformas de fact checking, como o Polígrafo.

A pandemia agravou bastante o fenómeno das fake news no mundo

Muitas vezes, as fake news fazem parte de ataques concertados para causar danos em rivais, normalmente políticos, e dividir a população. Além de exigir menos aptidões técnicas, a sua criação e disseminação é mais barata que um ataque cibernético comum.

Claro que as notícias falsas têm mais predominância e um maior peso efetivo em países como a China, a Rússia ou os Estados Unidos da América. Mesmo assim, em Portugal são já muitas as fake news que se espalham pela internet e que podem ter potencial danoso.

Nunca se esqueça: nem tudo o que está na internet é verdade!

Tags:
fake news
notícias falsas
online
internet
polígrafo
fact checking

Catarina Sousa's Posts

Catarina Sousa

A former journalist on newspapers and TV, now publicist and creative mind at her own agency. Passionate about writing, creating ads and watch Law & Order. Married, mom of two adorable cats.

Gostou do nosso Blog? Subscreva já!

Não se preocupe, nós tambem não gostamos de spam! Iremos apenas enviar os nossos artigos de Blog ou notícias importantes. Poderá ler a nossa Política de Privacidade e Termos e Condições, e poderá remover a sua subscrição a qualquer momento

Comentários

Artigos Relacionados

10 dicas para trabalhar melhor a partir de casa
Categoria : Geral  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
10 dicas para trabalhar melhor a partir de casa

Com o aumento constante do número de casos de coronavírus, parece ser seguro que nos próximos mes...

há 4 meses | Visitas: 1251 | Leitura: 4 Minutos

Ler mais..
EUA querem banir a app TikTok
Categoria : Redes Sociais  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
EUA querem banir a app TikTok

Alguns senadores dos Estados Unidos pretendem que o famoso TikTok seja banido no país – ou pelo m...

há 4 meses | Visitas: 1347 | Leitura: 3 Minutos

Ler mais..
Apple divulga atualização contra jailbreak 📱📵
Categoria : Segurança  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
Apple divulga atualização contra jailbreak 📱📵

A Apple acaba de divulgar a atualização de software que acaba com uma vulnerabilidade que permitia...

há 6 meses | Visitas: 970 | Leitura: 1 Minuto

Ler mais..