Dicas para escolher o nome da sua nova empresa 🤔

Dicas para escolher o nome da sua nova empresa 🤔

Categoria : Geral Visitas: 761 Tempo de Leitura: 4 Minutos

À medida a que os anos vão passando, os nomes das empresas – principalmente as startups – têm ficado cada vez mais fora do normal. Obviamente que este não é um facto científico comprovado, mas tal é algo que cada vez mais salta à vista.

Erros ortográficos propositados e de forma criativa, nomes de animais, nomes próprios, palavras inventadas, advérbios e combinações de letras. Tudo parece estar a valer e, agora, tudo nos parece estranhamente comum.

Pense, por exemplo, em nomes como Google, Airbnb e até Whatsapp, que pareciam esquisitos no início, mas que agora fazem totalmente parte do nosso vocabulário quotidiano.

Por outro lado, há uma outra tendência crescente precisamente no sentido oposto: dar nomes ditos normais ou convencionais às empresas recém-criadas.

A fase criativa é importante para denominar a marca

O website DomainScope agregou os nomes mais registados, nos últimos três meses. Vemos, assim, que shop e home estão no top das tendências – e isto indica uma inclinação para designações em inglês, o que se pode explicar com a necessidade das empresas nacionais de exportar produtos ou o facto de as lojas online se direcionarem a um público cada vez mais global.

A acompanhar estas palavras, geralmente têm surgido outras simples, que imediatamente digam ao público aquilo que podem encontrar no site, no espaço físico ou nas redes sociais da marca.

Se está à procura do nome ideal para a sua empresa de fabrico de bolos, hambúrgueres artesanais ou até para uma florista, veja as dicas que preparamos para si.

Erros propositados

Durante muito tempo, assistimos a uma vasta utilização de nomes escritos de forma propositadamente errada – tal é mais comum em startups, principalmente internacionais. O Tumblr e o Flickr são um bom exemplo disso mesmo.

Trocar vogais por outras com som parecido pode funcionar

Por aqui, porém, isto não é tão fora do comum. Quer seja pela criatividade ou porque o domínio pretendido não está disponível, muitos empresários deixam vogais de fora ou trocam letras por outras de som igual, no momento de darem um nome à marca.

Veja o que fez a Clin, empresa de Paços de Ferreira especialista em limpezas: tornando o verbo ‘clean’ (que em inglês significa ‘limpar’ ou ‘limpo’) em algo de som semelhante, substituindo duas vogais por uma, ganhou uma denominação única e até mais simples.

Senso de humor

Brincar com as palavras – quer seja com o seu significado ou com o som delas – pode ser um dos caminhos para chegar a um bom naming.

O BarTolo, na Foz do Douro, teve isto em consideração. Sendo importante mostrar que se trata de um pub, usou as palavras bar e tolo, chegou a um resultado com duas interpretações possíveis: o bar que é tolo ou Bartolo, um nome masculino.

Pensar fora da caixa é a solução para chegar ao nome ideal

Também o recém-chegado ao Porto TGB aproveita esta dica – que funciona muito bem por se tratar de uma zona do país onde se trocam os ‘v’ pelos ‘b’. Trata-se de um franchising e é o acrónimo de The Good Burguer.

Lá de fora, mais precisamente do Brasil, chega-nos mais um ótimo exemplar deste truque. Gabriel Lima é chef de cozinha e tem Síndrome de Down. Na altura de escolher o nome para a sua empresa de brigadeiros, a criatividade falou mais alto: hoje, o jovem de 22 anos é dono da Downlicia.

Palavras inventadas que parecem reais

Em inglês, diz o dicionário Oxford, existem mais de 170 mil palavras que ainda não são obsoletas. As startups, no entanto, parecem querer mais.

Nesse sentido, uma das tendências a que temos vindo a assistir é a criação de nomes utilizando palavras que não existem, mas que ainda assim parecem reais.

Em Portugal, nomes deste género encontram-se facilmente na base de dados da plataforma Empresa na Hora, onde tropeçamos num Esboçopódio, num Recentídolo e até numa Elegantefolia.

Uma das vantagens de optar por nomes assim, de acordo com os especialistas, é que é mais simples colocar estas palavras acima no ranking do Google.

Simplicidade

Esquecendo algo arriscado e rebelde, vemos também exemplos de empresas que optaram por nomes simples e que dizem tudo – ou que não digam nada do que a empresa faz, mas pelo menos ficam na cabeça.

Isto é o equivalente a chamar ‘Café’ a um café, ou ‘Oficina’ a uma oficina.

Pensar em grupo ajuda a chegar à marca final

Muitas vezes, isto pode parecer básico – mas resulta para chamar a atenção do público. No exterior, também vemos estes exemplos: a Decent é uma startup dedicada a seguros de saúde, a Chief é um grupo de networking para mulheres e a Journal é uma ferramenta para organizar notas.

Frequentemente, no momento de definir qual será o endereço para o website, quem opta por nomes deste tipo acrescenta um prefixo (joinchief.com e usejournal.com).

Utilize ferramentas de apoio

Existem vários websites que o podem ajudar a definir como quer chamar a sua empresa. O Oberlo, o Shopify e o Wordlab são algumas das plataformas que disponibilizam esse serviço. Basta colocar uma palavra que quer mesmo utilizar e elas apresentam-lhe uma lista de soluções.

Uma breve pesquisa no Google por sites que geram nomes será suficiente para encontrar o nome ideal.

Para onde caminhamos?

O que podemos dizer é que as tendências vêm e vão. O que definitivamente não deve fazer é optar por junção de nomes de sócios (para evitar ter de mudar tudo, caso se separem), datar ou especificar a localização – caso o faça, pode limitar o alcance que tem junto do público.

Os nomes noutras línguas também devem ser pensados com muita atenção. Os estrangeirismos são aceites e sabemos que muitas pessoas já percebem inglês, mas fundamental mesmo é colocar-se do lado do seu público-alvo: estes potenciais clientes entendem o que a minha marca quer dizer?  

Tags:
webdesign
branding
naming
website
site
nome empresa

Catarina Sousa's Posts

Catarina Sousa

A former journalist on newspapers and TV, now publicist and creative mind at her own agency. Passionate about writing, creating ads and watch Law & Order. Married, mom of two adorable cats.

Gostou do nosso Blog? Subscreva já!

Não se preocupe, nós tambem não gostamos de spam! Iremos apenas enviar os nossos artigos de Blog ou notícias importantes. Poderá ler a nossa Política de Privacidade e Termos e Condições, e poderá remover a sua subscrição a qualquer momento

Comentários

Artigos Relacionados

iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑
Categoria : Geral  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑

Vamos assumir desde o início que o iPhone 11 Pro é um desperdício de dinheiro. Afinal, estamos a ...

3 semanas atrás | Visitas: 481 | Leitura: 12 Minutos

Ler mais..
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️
Categoria : Web design  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️

Depois do curso na escola de maquilhagem, do salão preparado e de todos os produtos de makeup alinh...

2 meses atrás | Visitas: 655 | Leitura: 9 Minutos

Ler mais..
Novidades e dicas sobre o Facebook 📲
Categoria : Redes Sociais  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
Novidades e dicas sobre o Facebook 📲

É verdade: na mesma altura em que lança uma nova moeda digital, o Facebook anuncia também novidad...

3 meses atrás | Visitas: 704 | Leitura: 10 Minutos

Ler mais..