É Designer e procura emprego ? 6 dicas para ser contratado facilmente⚡️✍️

É Designer e procura emprego ? 6 dicas para ser contratado facilmente⚡️✍️

Categoria : Geral Visitas: 1684 Tempo de Leitura: 3 Minutos

Quando se está à procura de emprego numa agência ou a tentar ganhar um cliente, pode-se cair em vários erros. Erros contraproducentes, que arruinam a imagem do profissional que se quer mostrar no mercado. E sim, isto é muito frequente na procura por trabalho nos dias que correm.
Vamos mostrar-lhe os seis passos a seguir se não quiser ser um designer de topo.

1. Tem excesso ou escassez de confiança

Toda a gente, desde os recentemente licenciados aos diretores criativos, podem cair nestes erros – mesmo que eles se manifestem de formas diferentes. Está tudo bem se se mostrar confiante e entusiasta, mas não deixe que isso resvale para a arrogância.
O design também se baseia na construção de relações e na colaboração – quer seja com a equipa ou com o cliente. Assim, quer esteja numa entrevista de emprego ou a fazer um pitch para um projeto, não mostre que se acha uma dávida de Deus. Mesmo que ache, não o demonstre.
Por outro lado, um pouco de humildade e até humor depreciativo sobre as suas mais-valias podem ser atrativos para quem o vai contratar. Mas não dê um tiro no pé, ao exagerar. Se não confia no seu trabalho final e no processo que o levou até aí, porque é que outra pessoa haveria de confiar?

2. Esquece-se que outros skills também interessam

Todos os que atuam nesta área já viram currículos com todos os skills específicos e capacidade de trabalhar com determinados softwares. Por vezes, estas capacidades até são demonstradas com percentagens: está a 90% do caminho para ser uma super estrela da arte, mas ainda precisa de trabalhar na user experience, que está apenas nos 60%.

Um conselho: em vez de se tentar apresentar quantitativamente, demonstre as suas capacidades criativas e o seu pensamento crítico através do seu trabalho.
Principalmente em agências, os skills em design ou software não são suficientes. Aqui encontra ambientes multidisciplinares em que precisa de contribuir em várias fases do processo, contribuindo com ideias e resolvendo problemas.

3. Afoga as pessoas no seu portfólio completo

Este é mais um dos erros que facilmente se comete. Quer esteja a fazer um pitch para um cliente ou a apresentar-se numa agência, mostrar que é comedido é crucial.
Escolher o que colocar no portfólio pode parecer uma árdua tarefa, mas se estiver a sair da faculdade não deverá ter muito por onde optar. Quanto mais trabalho tiver, mais difícil será.
Conhecer a sua audiência e adaptar o seu material é o segredo.

4. Critica outros profissionais 😤

Sendo um meio pequeno, facilmente diretores criativos de agências ou clientes particulares se conhecem.
Assim, tenha cuidado com qualquer crítica que possa fazer sobre trabalhos anteriores ou pessoas com quem já tenha trabalhado. Seja diplomático, se for questionado a esse respeito, e foque-se sempre nos aspetos positivos.

5. Mostra desespero😱

Qualquer agência quer saber o quanto gosta do seu trabalho e cultura, e que adorava fazer parte da equipa. Qualquer cliente quer saber que respeita a sua marca e quer colaborar com a empresa levando-a a outro nível. Mas lembre-se: tenha amor próprio.
A linha que separa o elogio do desespero é muito ténue. Deve parecer apaixonado mas tranquilo – porém não tranquilo ao ponto de parecer desinteressado.
O ponto fundamental é manter o equilíbrio entre o desejo de trabalhar com a agência ou cliente e o saber aquilo que vale.

6. As suas expectativas são irreais

Ir para uma entrevista de empresa com um inflamado conhecimento sobre aquilo que vale não o vai levar muito longe. Quando recebe uma proposta de emprego, não olhe apenas para os números. Claro que a confiança é importante e nunca terá algo se não pedir, mas há limites.
Peça um pouco mais do que aquilo que realmente quer, de forma a ter espaço para negociar. Se pedir muito mais, está apenas a perder tempo.

Tenha estas dicas em atenção quando estiver à procura de emprego e não cometa estes erros!

Procura serviços de Design ou Branding? Fale com a INDIGIT!

Tags:
design
design gráfico
web design
design porto
design portugal

Pedro Martins's Posts

Pedro Martins

Developer, Web-Designer, UI, UX, Social Media Marketing Specialist. Love to research about online security, reverse engineer, automation, fresh startups, cables, servers, networks and creating new and innovative ideas from the scratch.

Gostou do nosso Blog? Subscreva já!

Não se preocupe, nós tambem não gostamos de spam! Iremos apenas enviar os nossos artigos de Blog ou notícias importantes. Poderá ler a nossa Política de Privacidade e Termos e Condições, e poderá remover a sua subscrição a qualquer momento

Comentários

Artigos Relacionados

Houseparty: alerta para falha de segurança 🤳🔓
Categoria : Segurança  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
Houseparty: alerta para falha de segurança 🤳🔓

Tornou-se um verdadeiro sucesso nas últimas semanas, muito graças à quarentena voluntária ou imp...

5 dias atrás | Visitas: 758 | Leitura: 5 Minutos

Ler mais..
Como limpar o seu iPhone sem o destruir 📱
Categoria : Geral  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
Como limpar o seu iPhone sem o destruir 📱

Se pensa que colocar o seu iPhone na máquina de lavar louça a 60 graus é a única forma de o desi...

1 semana atrás | Visitas: 609 | Leitura: 4 Minutos

Ler mais..
10 dicas tecnológicas para “sobreviver” à COVID-19 🦠
Categoria : Geral  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
10 dicas tecnológicas para “sobreviver” à COVID-19 🦠

Sim, já todos sabemos que as nossas vidas mudaram e que o nosso quotidiano em nada se assemelha àq...

1 semana atrás | Visitas: 737 | Leitura: 5 Minutos

Ler mais..