Facebook - Mais de 300 milhões de dólares em angariações

Facebook - Mais de 300 milhões de dólares em angariações

Categoria : Redes Sociais Visitas: 1038 Tempo de Leitura: 3 Minutos

Para assinalar o primeiro aniversário do lançamento da opção “angariação de fundos”, o Facebook anunciou que as doações em 2017 foram superiores a 300 milhões de dólares. Esta funcionalidade da rede social permite que, no dia do seu aniversário, os utilizadores escolham uma organização, criem uma campanha e os seus amigos doem dinheiro para a mesma.

Certamente já deve ter visto esta função em ação no aniversário dos seus amigos nesta rede. Esta sexta-feira, dia em que comemorou 60 anos, Madonna decidiu lançar uma destas ações – para apoiar o Malawi, onde adotou alguns dos seus filhos.

Facebook Fund Raiser

Atualmente, cerca de 750 mil organizações sem fins lucrativos podem ser escolhidas nesta ferramenta – mas nem todos os utilizadores da gigante tecnológica o podem fazer já que, nesta altura, esta funcionalidade não está presente em todos os países.

A empresa norte-americana adiantou ainda que serão lançadas novas opções para as angariações de fundos, com base no feedback. Tal irá incluir, por exemplo, a possibilidade de páginas poderem também criar estas ações solidárias e doar, bem como a possibilidade de se fazerem corresponder doações e organizadores. Os doadores também poderão vir a escolher fazer uma contribuição mensal para uma ou mais entidades à escolha.

Para as pessoas que até gostariam de criar estas angariações mas não têm nenhuma entidade em mente, o Facebook está a planear incluir mais informações sobre instituições de solidariedade. A rede social avança também que, até agora, as organizações que mais dinheiro receberam foram St. Jude, the Alzheimer’s Association, a American Cancer Society, a Share Our Strenght – No Kid Hungry e a ASPCA.

Facebook Fund Raiser Option

Em novembro do ano passado, o Facebook removeu os seus 5% de percentagem sobre todas as doações, o que significa que, agora, a totalidade do valor angariado vai diretamente para a instituição sem fins lucrativos escolhida pelo utilizador. Para muitas entidades de cariz solidário, este é o meio mais simples e menos invasivo de aumentar as doações recebidas – mesmo que a pessoa que crie a ação nunca tenha sequer tentado fazer uma doação por outro meio, como diretamente nos sites.

Este é um notável exemplo de como o ativismo nas redes sociais pode realmente significar resultados tangíveis, mas não nos podemos esquecer que toda a vitória tem o seu revés.

Mais uma vez, volta a falar-se das preocupações com a privacidade, particularmente do anonimato dos doadores – existem muitas instituições que valorizam muito este aspecto e, a pensar nisto, o Facebook permite que estes escolham se querem ou não partilhar a sua doação com a rede de amigos.

Algumas entidades solidárias continuam também com dúvidas sobre este método, e assumem que esperam que a empresa tecnológica faça um melhor ‘policiamento’ aos discursos de ódio que proliferam pela rede – especialmente quando falamos de associações que trabalham com grupos minoritários ou marginalizados.

Jeremy Hatch, consultor para angariações de fundos, publicou um artigo num blog no final de 2017 em que abordou a questão da eliminação das relações entre doadores e entidades, “onde normalmente são estabelecidas normas e práticas éticas”.

Num claro ataque ao Facebook, o profissional acrescenta que as instituições sem fins lucrativos devem considerar todas as variáveis antes de confiarem cegamente numa empresa cujo maior objetivo é recolher e fazer dinheiro com dados dos utilizadores.
Ao mesmo tempo, o alcance que a empresa de Mark Zuckerberg dá a estas associações deixa-as sem outra opção senão aproveitar a funcionalidade da rede, no sentido de não perderem a oportunidade de ter mais fundos.

A título exemplificativo, e para que possamos perceber melhor o sucesso desta ferramenta, a associação que apoia as famílias de emigrantes separadas na fronteira entre os Estados Unidos da América e o México, durante a administração Trump, angariou mais de 20 milhões de dólares.

Tags:
social networks
facebook
fund raising
donations

Pedro Martins's Posts

Pedro Martins

Developer, Web-Designer, UI, UX, Social Media Marketing Specialist. Love to research about online security, reverse engineer, automation, fresh startups, cables, servers, networks and creating new and innovative ideas from the scratch.

Gostou do nosso Blog? Subscreva já!

Não se preocupe, nós tambem não gostamos de spam! Iremos apenas enviar os nossos artigos de Blog ou notícias importantes. Poderá ler a nossa Política de Privacidade e Termos e Condições, e poderá remover a sua subscrição a qualquer momento

Comentários

Artigos Relacionados

iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑
Categoria : Geral  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑

Vamos assumir desde o início que o iPhone 11 Pro é um desperdício de dinheiro. Afinal, estamos a ...

3 semanas atrás | Visitas: 481 | Leitura: 12 Minutos

Ler mais..
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️
Categoria : Web design  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️

Depois do curso na escola de maquilhagem, do salão preparado e de todos os produtos de makeup alinh...

2 meses atrás | Visitas: 655 | Leitura: 9 Minutos

Ler mais..
Novidades e dicas sobre o Facebook 📲
Categoria : Redes Sociais  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
Novidades e dicas sobre o Facebook 📲

É verdade: na mesma altura em que lança uma nova moeda digital, o Facebook anuncia também novidad...

3 meses atrás | Visitas: 704 | Leitura: 10 Minutos

Ler mais..