iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑

iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑

Categoria : Geral Visitas: 481 Tempo de Leitura: 12 Minutos

Vamos assumir desde o início que o iPhone 11 Pro é um desperdício de dinheiro. Afinal, estamos a falar de um telemóvel que pode custar 1179€ (tamanho standard, com 64GB) mas que pode ir até aos 1679€, se optar pela versão Max com 512GB.

Então, se no ano passado o iPhone XR acabou por levar a melhor sobre o iPhone XS (pode ler o nosso artigo sobre esta comparação aqui), este ano consideramos que a escolha óbvia pode e deve recair sobre as versões “low cost”, quer de 2018 quer de 2019.

O novo iPhone 11 promete melhorias

Este ano, já percebeu que escolhemos a versão mais económica. Mas, em comparação com o iPhone XR, qual será que leva a melhor e quais foram os upgrades levados a cabo pela Apple? Eis tudo o que precisa de saber para fazer a compra ideal.

O écran: mais do mesmo!

Enquanto a marca criada por Steve Jobs fez um grande alarido à volta da Super Retina XDR no iPhone 11 Pro e no iPhone 11 Pro Max, a verdade é que nesta secção pouco ou nada mudou relativamente ao iPhone XR. Senão, vejamos as poucas diferenças:


iPhone XR

Ecrã LCD Multi‑Touch integral de 6,1 polegadas (diagonal) com tecnologia IPS

Resolução de 1792x828 píxeis a 326 ppp

Relação de contraste 1400:1 (normal)

Ecrã True Tone

Vasta gama de cores (P3)

Toque háptico

Luminosidade máxima de 625 nits (normal)

Revestimento oleofóbico resistente a dedadas

Compatibilidade com a apresentação de vários idiomas e caracteres em simultâneo


iPhone 11

Ecrã Liquid Retina HD

Ecrã LCD Multi‑Touch integral de 6,1 polegadas (diagonal) com tecnologia IPS

Resolução de 1792x828 píxeis a 326 ppp

Relação de contraste 1400:1 (normal)

Ecrã True Tone

Ecrã com vasta gama de cores (P3)

Toque háptico

Luminosidade máxima de 625 nits (normal)

Revestimento oleofóbico resistente a dedadas

Compatibilidade com a apresentação de vários idiomas e caracteres em simultâneo


No que a mais recente versão do iPhone realmente ganha relativamente ao modelo do ano passado é na função Face ID – o chamado reconhecimento facial, que permite desbloquear o telemóvel e dar permissão a ações. Ã‰ que o notch no topo do écran não é mais pequeno, mas contém um módulo de última geração que torna esta funcionalidade 30% mais rápida.


As diferenças são inexistentes entre o iPhone 11 e o iPhone XR


Também melhorou o reconhecimento em si mesmo, ou seja, a forma como o aparelho lê os ângulos do rosto está mais apurada – mesmo quando o telemóvel está pousado em cima de uma mesa, por exemplo.

E, já que desbloquear o telemóvel é algo que acontece tantas vezes durante o dia, este pode ser mesmo um benefício.

O design frontal que pouco mudou 

Nas dimensões, não houve mudanças em termos gerais. Comecemos precisamente pela sensação visual e de tacto:


iPhone 11

Largura: 75,7 mm

Altura: 150,9 mm

Profundidade: 8,3 mm

Peso: 194 gramas


iPhone XR

Largura: 75,7 mm

Altura: 150,9 mm

Profundidade: 8,3 mm

Peso:  194 gramas


Quer um quer outro são realmente idênticos (só as versões Pro e Pro Max do iPhone 11 ganham peso). E à frente, em termos visuais, rigorosamente nada mudou. O modelo apresentado este ano continua a ter uma moldura mais pequena, graças ao écran LCD, ainda é feito em alumínio (ao contrário das opções Pro), mas o vidro sofreu um grande upgrade... a Apple afirma mesmo que este é o “vidro mais resistente de sempre num smartphone”.

Já na resistência à água, nota-se realmente uma grande evolução. De um metro submerso durante 30 minutos (iPhone XR), o iPhone 11 passa a poder submergir dois metros durante o mesmo período de tempo. Apesar de os dois Pro apresentarem resultados melhores, a versão base é ligeiramente mais atrativa neste aspeto que o XR.

De resto, mantém-se a opção dual sim (um cartão nano físico e um segundo virtual), bem como a porta de entrada do carregador (ou conetor lightning).

Já no que ao som diz respeito, o iPhone 11 tem uma “leitura de áudio espacial” e o iPhone XR apresenta ‘apenas’ uma “estéreo expandida”. Os altifalantes tiveram, de facto, um upgrade.

E as cores?

Em termos de acabamentos, o iPhone 11 tem algumas opções em comum com o iPhone XR: preto, branco, amarelo e o já famoso vermelho com nome próprio, o (Product)Red. O azul e o coral foram substituídos pelo verde e pelo lilás.

À semelhança do que aconteceu no ano passado, as cores das versões mais acessíveis são bem mais interessantes que os tons das versões Pro. Então, se é tudo igual... o que é que torna o iPhone 11 mais feio que o seu antecessor? As câmaras. Vamos falar sobre elas agora.

As câmaras que se tornaram memes

Bem, comecemos pelas boas notícias: elas podem ser feias e alvo de chacota na internet, mas a verdade é que são realmente melhores. Senão, vejamos:


iPhone 11

Câmara TrueDepth

Câmara de 12 MP

Abertura de Æ’/2,2

Modo Retrato com efeito bokeh (fundo desfocado) avançado e Controlo da Profundidade

Iluminação de Retrato com seis efeitos (Natural, Estúdio, Contorno, Palco, Palco Mono e High-Key Mono)

Animoji e Memoji

Gravação de vídeo 4K a 24, 30 ou 60 fps

Gravação de vídeo 1080p HD a 30 ou 60 fps

Compatível com vídeo em câmara lenta para 1080p a 120 fps

HDR inteligente de nova geração para fotografias

Gama dinâmica expandida para vídeos a 30 fps

Estabilização de vídeo cinematográfica (4K, 1080p e 720p)

Fotografias e Live Photos com vasta gama de cores

Retina Flash

Estabilização de imagem automática

Modo contínuo


iPhone XR

Câmara grande angular de 12 MP

Abertura de Æ’/1,8

Zoom digital até 5x

Modo Retrato com efeito bokeh (fundo desfocado) avançado e Controlo da Profundidade

Iluminação de Retrato com três efeitos (Natural, Estúdio, Contorno)

Estabilização ótica de imagem

Objetiva de seis elementos

Flash True Tone LED com sincronização lenta

Fotografias panorâmicas (até 63 MP)

Focagem automática com Focus Pixels

HDR inteligente para fotografias

Fotografias e Live Photos com vasta gama de cores

Correção avançada do efeito de olhos vermelhos

Estabilização de imagem automática

Modo contínuo

Geolocalização de fotografias

Formatos de imagem captados: HEIF e JPEG


A grande angular do iPhone 11 é um ponto atrativo muito forte, tornando este telemóvel brilhante neste aspeto e capaz de capturar grandes paisagens e espaços mais apertados, enquanto que o flash ficou ainda mais brilhante. Com tudo isto, ainda assim, as lentes das versões Pro são bem melhores – principalmente na qualidade do modo retrato.

Assim, não espere uma grande diferença entre o XR e o 11.

Vamos agora deixar-vos alguns memes sobre este tema:





Já quanto ao vídeo, esse deve ser superior aos antecessores. Isto porque agora pode editar-se em tempo real e alterar entre os modos standard e grande angular enquanto se está a filmar.

O único problema? É que as lentes são mesmo feias. Quadrados grossos, câmara tripla, um chorrilho de memes na internet: não há dúvidas de que o design falhou à Apple. Terá sido esta a primeira vez na história da marca?

Já nas câmaras frontais, o tema é bem menos controverso.


iPhone 11

Câmara de 12 MP

Abertura de Æ’/2,2

Modo Retrato com efeito bokeh (fundo desfocado) avançado e Controlo da Profundidade

Iluminação de Retrato com seis efeitos (Natural, Estúdio, Contorno, Palco, Palco Mono e High-Key Mono)

Animoji e Memoji

Gravação de vídeo 4K a 24, 30 ou 60 fps

Gravação de vídeo 1080p HD a 30 ou 60 fps

Compatível com vídeo em câmara lenta para 1080p a 120 fps

HDR inteligente de nova geração para fotografias

Gama dinâmica expandida para vídeos a 30 fps

Estabilização de vídeo cinematográfica (4K, 1080p e 720p)

Fotografias e Live Photos com vasta gama de cores

Retina Flash

Estabilização de imagem automática

Modo contínuo


iPhone XR

Câmara de 7 MP

Abertura de Æ’/2,2

Modo Retrato com efeito bokeh (fundo desfocado) avançado e Controlo da Profundidade

Iluminação de Retrato com seis efeitos (Natural, Estúdio, Contorno, Palco, Palco mono e High-Key mono)

Animoji e Memoji

Gravação de vídeo 1080p HD a 30 ou 60 fps

HDR inteligente para fotografias

Gama dinâmica expandida para vídeos a 30 fps

Estabilização de vídeo cinematográfica (1080p e 720p)

Fotografias e Live Photos com vasta gama de cores

Retina Flash

Estabilização de imagem automática

Modo contínuo


Assim, é óbvio que a Apple instalou uma câmara frontal com maior resolução no iPhone 11 sem comprometer o design, suportando até vídeos em 4K e a tal grande angular que tornará qualquer selfie de grupo numa tarefa muito mais simples. Curiosamente, a empresa ainda criou as ‘slofies’ – um modo de selfie em vídeo e em câmara lenta.

A performance e o software

O tão esperado Modo Noite vem com o novo smartphone da Apple, mas também deverá estar no iPhone XR que tenha instalado o iOS 13. Menos certo é o Deep Fusion, a nova função de processamento de imagem que permite tirar nove fotos quase em simultâneo, utilizando inteligência artificial para combinar os melhores pixéis de cada uma delas. Espera-se que tal deverá competir com o Google Pixel.

Vejamos agora a eficiência de cada um dos modelos:


iPhone 11

Processador A13 

Bionic Neural Engine de terceira geração


iPhone XR

Processador A12 

Bionic Neural Engine de 2.ª geração


A diferença é, no fundo, de 40% mais eficiência. O 4G LTE do iPhone 11 é significativamente mais rápido que o do iPhone XR. Enquanto a Apple – de forma controversa – deixou de fora o 5G nos seus novos smartphones da gama deste ano, fez este upgrade que torna o novo iPhone cerca de 13% mais rápido que o iPhone XS. Dado que o XR utiliza uma tecnologia ainda mais lenta, estes 13% vão ser ainda mais notórios.

A bateria: dura mais ou nem por isso?

A resposta é sim! O iPhone XR já surpreendeu muita gente, e talvez até muitos dos clientes habituais e fiéis da Apple, ao ter a melhor durabilidade de bateria de todos os smartphones lançados em 2018.

Em 2019, esse recorde é quebrado pelo iPhone 11.

Então vejamos:


iPhone 11

Oferece até mais uma hora de autonomia do que o iPhone XR

Leitura de vídeo até 17 horas

Streaming de vídeo até 10 horas

Leitura de áudio até 65 horas

Carregamento rápido: Carrega até 50% em 30 minutos com o adaptador de 18 W ou superior (vendido separadamente)

Bateria de iões de lítio integrada e recarregável

Carregamento sem fios (funciona com carregadores Qi9)

Carregamento por USB no computador ou por adaptador de corrente


iPhone XR

Oferece até mais 1,5 horas de autonomia do que o iPhone 8 Plus

Autonomia de conversação (sem fios): Até 25 horas

Navegação na internet: Até 15 horas

Leitura de vídeo (sem fios): Até 16 horas

Leitura de áudio (sem fios): Até 65 horas

Carregamento rápido: Carrega até 50% em 30 minutos com o adaptador de 18 W ou superior (vendido à parte)

Bateria de iões de lítio integrada e recarregável

Carregamento sem fios (funciona com carregadores Qi9)

Carregamento por USB no computador ou por adaptador de corrente


A bateria do telemóvel lançado este ano é 5% maior e a combinação disto com um processador 40% mais eficiente faz com que a empresa assuma uma hora extra de vida de bateria, comparando um e outro modelo. O iPhone 11 Pro e a sua versão Max também tiveram grandes aumentos de battery life. Com tudo isto, qualquer telemóvel que dure mais uma hora que o iPhone XR, é um campeão.


E as más notícias? O carregador. Os Pros vêm equipados com carregadores de 18W, enquanto que a versão base – e o iPhone XR – continuam presos ao antigo de 5W. O adaptador para o equipamento mais potente é vendido separadamente.

Há ainda a opção de carregamento sem fios, com 7,5W (os concorrentes já chegam aos 15W).

Armazenamento e preço - o que nos interessa

Vejamos então as diferenças entre a capacidade e o valor monetário de cada um dos modelos:


iPhone 11

64GB – 829€

128GB – 879€

256GB – 999€


iPhone XR

64GB – 739€

128GB – 789€


Em termos gerais, ambos são smartphones relativamente ‘acessíveis’ e a Apple até cortou cerca de 50€ em cada versão do iPhone 11, em comparação com o preço de lançamento do iPhone XR. Assim sendo, um 11 com 64GB custa menos 350€ que a versão Pro e menos 450€ que o Pro Max.

Algo ainda mais chocante: o iPhone XR com 64GB custa pouco mais de metade do iPhone 11 Pro Max (1478€ e 1449€, respetivamente).

Então, valerão a pena as versões Pro? Há quem diga que sim, há quem não concorde. A verdade é que não há diferenças assim tão gritantes que justifiquem as diferenças de preço e, por consequência, esse investimento.

As conclusões

No ano passado, afirmamos que o iPhone XR seria a melhor opção. Este ano, dizemos o mesmo sobre o iPhone 11 – mas o XR continua a ser uma opção muito atrativa.

O iPhone XR continua a ser uma boa opção

Pela diferença de preço entre os aparelhos de 2018 e 2019 – cerca de 100€ nas duas opções de armazenamento – a melhor escolha será, obviamente, o iPhone 11. A câmara com grande angular, a frontal com melhorias, uma melhoria na performance geral e aumento da duração da bateria, além da rapidez do 4G, são só benefícios.

De facto, este modelo anda tão próximo das versões Pro que a diferença de preços não faz sentido. Quer no iPhone 11 quer no iPhone XR, falta o 5G – que hoje pode não interessar, mas possivelmente será uma grande falha em 2020 e em 2021 ainda mais.

Por isso, se tiver de escolher, compre o iPhone 11. Opte pelo XR se não puder pagar os 100€ de diferença e ignore as versões 11 Pro, a não ser que, realmente, não precise de fazer contas à vida. 

Tags:
iphone
iphone 11
iphone wr
apple
compra
comparação
iphone reviews
new

Catarina Sousa's Posts

Catarina Sousa

A former journalist on newspapers and TV, now publicist and creative mind at her own agency. Passionate about writing, creating ads and watch Law & Order. Married, mom of two adorable cats.

Gostou do nosso Blog? Subscreva já!

Não se preocupe, nós tambem não gostamos de spam! Iremos apenas enviar os nossos artigos de Blog ou notícias importantes. Poderá ler a nossa Política de Privacidade e Termos e Condições, e poderá remover a sua subscrição a qualquer momento

Comentários

Artigos Relacionados

É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️
Categoria : Web design  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️

Depois do curso na escola de maquilhagem, do salão preparado e de todos os produtos de makeup alinh...

2 meses atrás | Visitas: 654 | Leitura: 9 Minutos

Ler mais..
Novidades e dicas sobre o Facebook 📲
Categoria : Redes Sociais  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
Novidades e dicas sobre o Facebook 📲

É verdade: na mesma altura em que lança uma nova moeda digital, o Facebook anuncia também novidad...

3 meses atrás | Visitas: 704 | Leitura: 10 Minutos

Ler mais..
Hotelaria: a importância de um site responsivo 🏨🏖️
Categoria : Web design  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
Hotelaria: a importância de um site responsivo 🏨🏖️

À medida a que os écrans aumentam a sua dimensão, a tecnologia se torna cada vez melhor e as liga...

4 meses atrás | Visitas: 898 | Leitura: 10 Minutos

Ler mais..