Se tem um Samsung, pode não conseguir apagar o Facebook 📱

Se tem um Samsung, pode não conseguir apagar o Facebook 📱

Categoria : Redes Sociais Visitas: 761 Tempo de Leitura: 3 Minutos

Esta notícia pode deixá-lo alarmado, principalmente se tem um telemóvel da marca Samsung: se quiser apagar a aplicação móvel do Facebook, pode não conseguir. Calma, isto não é assim para todos os utilizadores: sabe-se que quem tem um Samsung Galaxy S8, por exemplo, deverá ter mais dificuldades – pois o telemóvel com sistema operativo Android já traz a app do Facebook instalada desde o seu lançamento, em 2017.

Imagine que usa a rede social mais popular do mundo para estar em contacto com os amigos, ver notícias ou partilhar fotos de gatos mas, de repente, deixa de querer fazer parte desse mundo virtual. Pode apenas conseguir desativar a aplicação, cuja opção encontra das definições do aparelho, mas não conseguir apagá-la definitivamente. A questão que tem assombrado muitos proprietários destes aparelhos é: o Facebook ainda consegue ter acesso à informação e localização, entre outros?


App do Facebook vem pré-instalada no Galaxy S9


É certo que, nos últimos anos, os consumidores têm estado cada vez mais atentos aos seus direitos, online e offline, e altamente vigilantes quanto à sua privacidade, principalmente depois das notícias que vieram a público sobre o escândalo de divulgação de dados privados com origem na plataforma de Mark Zuckerberg.

Muitas pessoas decidiram apagar as suas contas como forma de protesto, enquanto que outras quiseram simplesmente saber se tinham essa opção. No entanto, nem tudo correu bem, principalmente para muitos utilizadores de telemóveis Android que até questionaram a razão para esta versão permanente da app estar previamente instalada. Muitas das queixas aconteceram, precisamente... nas redes sociais.

Um porta-voz do Facebook já veio a público garantir que a versão desativada da aplicação funciona como se esta tivesse sido apagada, logo não continua a recolher qualquer tipo de dados ou a enviar informação à casa-mãe. Porém, há muito pouca informação ao consumidor sobre este processo.

Mark Zuckerberg ainda não esclareceu o acordo com a Samsung

A Menlo Park, uma empresa com sede na Califórnia, também já disse que a possibilidade de se apagar ou não a aplicação depende dos acordos feitos entre os produtores dos aparelhos e o próprio Facebook, bem como dos sistemas operativos e companhias de telecomunicações em todo o mundo.

Apesar de a maior plataforma social do mundo nunca ter revelado a natureza financeira deste acordo, esta já garantiu que se trata apenas de dar ao consumidor “a melhor experiência possível” de telecomunicações, a partir do momento em que se abre a caixa.

Para muitos proprietários destes modelos da Samsung, porém, a experiência não foi, de facto, a melhor. A produtora tecnológica de Seul, na Coreia do Sul, afirmou que em modelos selecionados a aplicação do Facebook tem, realmente, a opção de ser desativada – e, a partir desse momento, ela deixa de funcionar.

Já do lado da rede social, não foi possível ter acesso à lista de parceiros com os quais foram feitos acordos semelhantes a este; aparentemente, a permissão varia consoante a região e o género do contrato.

A Samsung ainda não veio a público explicar o negócio com o Facebook

Assim, não há nenhuma lista disponível online e os consumidores podem não saber se têm um aparelho com esta app pré-instalada, a não ser que contactem diretamente os serviços de apoio ao cliente.

Há anos que vários grupos de defesa do consumidor se têm mostrado céticos relativamente a estes acordos, e até alertam para a possibilidade de os utilizadores serem mesmo espiados através destas aplicações. Além disso, defendem que empresas como o Facebook deviam ser obrigadas a disponibilizar documentos que provem que não estão a recolher dados pessoais quando a app é desativada.

O Facebook não é o único nome associado a estes negócios. Aplicações criadas ou geridas pelo Google, como o Youtube, o Google Play Music ou o Gmail são alguns exemplos de apps que vêm previamente instaladas em alguns telefones.

Porém, muitos utilizadores garantem que vão mudar de telemóvel caso a situação não seja prontamente esclarecida – ou resolvida.

Tags:
web
phones
mobile phone
telemóvel
Samsung
Galaxy S9
Facebook

Catarina Sousa's Posts

Catarina Sousa

A former journalist on newspapers and TV, now publicist and creative mind at her own agency. Passionate about writing, creating ads and watch Law & Order. Married, mom of two adorable cats.

Gostou do nosso Blog? Subscreva já!

Não se preocupe, nós tambem não gostamos de spam! Iremos apenas enviar os nossos artigos de Blog ou notícias importantes. Poderá ler a nossa Política de Privacidade e Termos e Condições, e poderá remover a sua subscrição a qualquer momento

Comentários

Artigos Relacionados

cURL: como nos aproveitamos de trabalho não pago 💻
Categoria : Geral  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
cURL: como nos aproveitamos de trabalho não pago 💻

Sempre que compramos um iPhone, por exemplo, assumimos que as pessoas que escreveram o código foram...

1 mês atrás | Visitas: 589 | Leitura: 7 Minutos

Ler mais..
iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑
Categoria : Geral  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑

Vamos assumir desde o início que o iPhone 11 Pro é um desperdício de dinheiro. Afinal, estamos a ...

2 meses atrás | Visitas: 1047 | Leitura: 12 Minutos

Ler mais..
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️
Categoria : Web design  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️

Depois do curso na escola de maquilhagem, do salão preparado e de todos os produtos de makeup alinh...

3 meses atrás | Visitas: 838 | Leitura: 9 Minutos

Ler mais..