Segurança Online: um Macro Desafio 👮

Segurança Online: um Macro Desafio 👮

Categoria : Segurança Visitas: 1519 Tempo de Leitura: 3 Minutos

Altera as suas passwords com frequência? Tem um antivírus forte? Presta atenção às fotografias que partilha nas redes sociais? Acredita em tudo o que vê no feed?

Com mais de meio milhão de likes no Facebook, a Polícia de Segurança Pública tem vindo a trabalhar no sentido de aumentar a literacia digital e alertar para os perigos à espreita no mundo da internet - e que atingem vítimas de todas as idades.

A convite da Indigit, o Comissário João Moura, Chefe do Núcleo de Protocolo, Marketing e Assessoria Técnica do Gabinete de Imprensa e Relações Públicas da PSP, fala-nos hoje sobre segurança na internet.

O Comissário João Moura, da PSP, fala-nos sobre os perigos à espreita na internet

"A presença da Polícia de Segurança Pública (PSP) nas redes sociais tem, nos últimos anos, alcançado um enorme sucesso entre a sociedade civil, com especial ênfase no Facebook, aquela que continua a ser 'a rede' em Portugal por definição.

Optámos desde o primeiro momento por fazer um mix entre informação e criatividade, por vezes de forma bastante disruptiva para uma instituição centenária, alcançando até à data 661.230 seguidores de forma orgânica (não temos alcance nem conteúdos pagos).

Chegamos a ter posts com mais de 3 milhões de contas alcançadas, o que na prática são muito mais pessoas, facto que nos permite concluir o porquê de estarmos online: criarmos um 'Facebook de proximidade' que permita informar, prevenir e também entreter.

Exercício interessante de análise também no Instagram: em apenas 12 meses, alcançámos 49.200 seguidores. A segurança online é um tema muito amplo, estratégico até, e está na ordem do dia. Senão veja-se o investimento que diversas marcas globais, organizações mundiais e Governos despendem para esta área, considerando-a um investimento e não uma despesa.

A PSP, através das redes sociais, Escola Segura, Idosos em Segurança e outros programas de proximidade e prevenção, procura abranger duas grandes áreas na sensibilização para segurança online: uma área de autoprotecção e uma área de segurança online 'comportamental'.


PSP


Na primeira, abrangendo as questões mais técnicas e controláveis pelo utilizador: alertas para o uso de uma password forte e diversa, investimento num bom antivírus, boa firewall, contínua e regular actualização das definições de segurança, entre outras.

A segunda, mais abrangente, é uma área ampla que envolve os aspectos comportamentais e conjunturais da web e redes sociais: a adição, os desafios virais perigosos, cyberbullying, burlas online, extorsão sexual online, entre outros.

Se na primeira é o utilizador que controla os mecanismos de auto protecção que adota, na segunda isso foge um pouco ao seu controlo. Daí ser fundamental, na nossa ótica, três coisas: literacia digital, prevenção e infoinclusão. A chamada 'segurança em profundidade', ou seja, várias camadas de segurança - quer nos aspectos de segurança passiva quer ativa -, com a inerente 'segurança mental' consciente nas pessoas.

Tal torna-se mais difícil com públicos mais jovens. Fenómenos como o desafio da Baleia Azul, o filme Bird Box da Netflix, jogos viciantes como Fortnite ou Pokémon Go e o envio de “nudes” (democratizado e por vezes estranhamente banal entre jovens), trazem enormes riscos.

O próprio cyberbullying é um flagelo, pois cada vez mais crianças nativas digitais são vítimas e ameaçadas por este fenómeno. Em públicos seniores, predomina a questão das burlas online para compra de bens móveis e aluguer de bens imóveis (casas de férias, por exemplo).

Nos mais jovens, a ânsia de obterem likes e alcance viral, com a respectiva dopamina nos cérebros, e nos seniores o deslumbramento e as armadilhas que envolvem as burlas, com aparente negócios vantajosos e sites falsos impecavelmente construídos.

Daí o desafio ser enorme e envolver diversos parceiros em rede: desde logo o utilizador, as escolas, os educadores, tutores e encarregados de educação, a PSP, Câmaras Municipais, associações diversas e também os Ministérios (Educação e Administração Interna).

Na nossa ótica, a prevenção nunca será demais, tendo conta o paradigma que aí vem de 5G, realidade aumentada, realidade virtual e internet das coisas. E esse paradigma não está longe.” 

Tags:
web
security
websecurity
segurança
segurança online
fraude
burla
psp
policia segurança publica

Catarina Sousa's Posts

Catarina Sousa

A former journalist on newspapers and TV, now publicist and creative mind at her own agency. Passionate about writing, creating ads and watch Law & Order. Married, mom of two adorable cats.

Gostou do nosso Blog? Subscreva já!

Não se preocupe, nós tambem não gostamos de spam! Iremos apenas enviar os nossos artigos de Blog ou notícias importantes. Poderá ler a nossa Política de Privacidade e Termos e Condições, e poderá remover a sua subscrição a qualquer momento

Comentários

Artigos Relacionados

iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑
Categoria : Geral  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
iPhone 11 ou iPhone XR: qual a melhor compra? 📱🤑

Vamos assumir desde o início que o iPhone 11 Pro é um desperdício de dinheiro. Afinal, estamos a ...

3 semanas atrás | Visitas: 481 | Leitura: 12 Minutos

Ler mais..
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️
Categoria : Web design  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
É makeup artist? O que não pode faltar ao seu website 💄🖥️

Depois do curso na escola de maquilhagem, do salão preparado e de todos os produtos de makeup alinh...

2 meses atrás | Visitas: 655 | Leitura: 9 Minutos

Ler mais..
Novidades e dicas sobre o Facebook 📲
Categoria : Redes Sociais  Catarina Sousa PostsCatarina Sousa
Novidades e dicas sobre o Facebook 📲

É verdade: na mesma altura em que lança uma nova moeda digital, o Facebook anuncia também novidad...

3 meses atrás | Visitas: 704 | Leitura: 10 Minutos

Ler mais..